Postado em 14 de Março de 2016 às

Açúcar, milho e frango formam check list árabe fazendo crescer 17% a exportação de produtos brasileiros.

CleanTec do Brasil As exportações do Brasil aos países árabes somaram US$ 865,5 milhões em janeiro, um aumento de 17% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com dados do...

As exportações do Brasil aos países árabes somaram US$ 865,5 milhões em janeiro, um aumento de 17% em relação ao mesmo mês do ano passado, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC, Brasília/DF) compilados pela Câmara de Comércio Árabe Brasileira. O avanço foi induzido principalmente pelo açúcar e milho. No primeiro caso, os embarques renderam US$ 298 milhões, um acréscimo de 259% sobre fevereiro de 2015. No último, o total US$ 126 milhões, um aumento de 704% na mesma comparação.

Estes foram, respectivamente, o primeiro e o terceiro itens em importância na pauta em fevereiro. Em segundo lugar ficou o frango, com exportações de US$ 174 milhões, um recuo de 7,7% em relação ao mesmo mês do ano passado.

De acordo com o zootecnista e consultor da Scot Consultoria, Rafael Ribeiro de Lima Filho, desde o início do segundo semestre do ano passado há uma movimentação maior das exportações de milho, incentivada pela valorização do dólar frente ao real e pela oferta recorde da segunda safra de 2015, a chamada “safrinha”. “E esta tendência não se interrompeu com a passagem do ano”, destacou.

Houve também menor oferta por parte dos Estados Unidos, então o Brasil “abocanhou” fatias de mercado tradicionalmente abastecidas pelos norte-americanos, “não só no mundo árabe, mas também na Ásia”. leia mais...

Veja também

MAPA promove campanha com indígenas para vacinação de gado.08/05/17 Nas primeiras campanhas, o cenário era outro. Havia forte resistência dos indígenas em relação à vacinação do rebanho. “No início do programa, muitas comunidades eram contra o nosso trabalho, mas, ao longo destes sete anos, elas perceberam que era importante ter um rebanho sadio. Agora, quando chega a época da imunização, os......

Voltar para Notícias