Postado em 14 de Outubro de 2016 às 08h01

Alíquota zero sobre importação de milho deve beneficiar cadeia de proteína.

CleanTec do Brasil A Câmara de Comércio Exterior (Camex) prorrogou a alíquota zero para a importação de milho – com limite de 1 milhão de toneladas – até 31 de dezembro deste ano, de...

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) prorrogou a alíquota zero para a importação de milho – com limite de 1 milhão de toneladas – até 31 de dezembro deste ano, de acordo com a publicação da medida publicada no Diário Oficial da União, na última terça-feira (11).
Os países do Mercosul já tinham alíquota zero, mas os outros países pagavam 8%. Dessa forma, são eles que podem se beneficiar agora da decisão da Camex. A iniciativa deverá ajudar na importação para o abastecimento interno e regular o preço de mercado.
A primeira isenção da alíquota de milho ocorreu em abril deste ano. Leia mais...

Veja também

Publicação divulga soluções para riscos na coleta de carcaças de suínos.12/01/16 Coordenada pela Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA, Brasília/DF), a publicação “Mitigando Riscos na Coleta de Carcaças de Suínos” é um estudo completo realizado pela Dra. Masaio Mizuno Ishzuka. O trabalho conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), da Agência......
Ação integrada imunizará rebanho venezuelano com auxílio do Brasil.21/07/17 Durante reunião da Comissão Sul-Americana para a Luta Contra a Febre Aftosa (Cosalfa) foi aprovada uma resolução para realizar uma ação integrada entre o Brasil e a Colômbia na Venezuela. O objetivo é......
Bem-estar é uma das tendências mais importantes para a suinocultura.06/09/17 O médico-veterinário e diretor da Unidade de Suinocultura da MSD, Rudy Claure, acredita que o bem-estar animal e uso racional de antibióticos na produção são duas das tendências mais fortes da suinocultura......

Voltar para Notícias