Postado em 20 de Julho de 2017 às

Brasil autoriza importação de carnes e derivados da União Europeia.

CleanTec do Brasil De acordo com o diretor do Departamento Econômico do Itamaraty, Pedro Miguel da Costa e Silva, que trabalha em Genebra (Suíça), o Brasil concedeu autorizações sanitárias para a...

De acordo com o diretor do Departamento Econômico do Itamaraty, Pedro Miguel da Costa e Silva, que trabalha em Genebra (Suíça), o Brasil concedeu autorizações sanitárias para a União Europeia (UE) que vão facilitar a entrada de uma série de produtos de origem animal do bloco no mercado brasileiro.
A medida vale para países como Bruxelas, que vinha fazendo esta exigência em meio às discussões sobre problemas com a carne brasileira. "Atendemos a uma série de pedidos da UE na área fitossanitária. Para eles, o impacto será importante"', afirma Costa e Silva.
Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), os produtos beneficiados são carne e produtos cárneos de aves, bovinos e suínos, envoltórios naturais de bovinos e suínos, gelatina e colágeno, leite e produtos lácteos e mel e produtos apícolas e ovos. Leia mais...

Veja também

Exportação da carne suína aumenta 39% em relação a janeiro de 2016.06/02/17 A visão da Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS, Brasília/DF) é otimista para 2017. Após meses amargando prejuízos devido à expressiva alta no preço do milho e a redução no consumo de proteínas, causada pelo aumento do desemprego e pela queda na renda os brasileiros, agora o cenário parece mudar. Assim......
Mercado brasileiro de aves e suínos é exaltado na China.25/05/17 Saldo positivo. Foi assim que foi definido o término das ações comandadas pela Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção......

Voltar para Notícias