Postado em 25 de Julho de 2016 às

Camex diminui em 12% a alíquota de importação de equipamentos.

CleanTec do Brasil O momento delicado para a cadeia produtiva de suínos, em razão os altos custos de produção, acaba de ganhar uma boa notícia. Conforme publicação do Conselho de Ministros da...

O momento delicado para a cadeia produtiva de suínos, em razão os altos custos de produção, acaba de ganhar uma boa notícia. Conforme publicação do Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex, Brasília/DF) na última quarta-feira (20), seis equipamentos para frigoríficos de suínos e um comedouro automático para testes de desempenho (utilizado para melhoramento genético) tiveram alíquota de importação alterada de 14% para 2% até dezembro de 2017.
A inclusão de novos equipamentos na taxa do ex-tarifário, destinado à aquisição de bens de capital para o quais não exista produto nacional equivalente, incentiva o setor produtivo do País, segundo a Associação Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS, Brasília/DF), a buscar tecnologias mais avançadas para melhorar os processos nas granjas e nos frigoríficos, visando a redução de custos e o aumento da competitividade. Leia mais...

Veja também

Negociações entre Mercosul e União Europeia devem ser retomadas em 2017.31/10/16 Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC, Brasília/DF), foi realizada em Bruxelas (Bélgica), entre os dias 10 e 14 de outubro, uma rodada de negociações entre a União Europeia e o Mercosul. Esta foi a primeira rodada plena de negociações desde 2012 e a primeira a ocorrer......
Aquicultura cresce 5% ao ano e deve superar pesca extrativa em 2019.31/05/17 A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) anunciou que, em 2019, a produção nas fazendas de aquicultura no Brasil deve superar a pesca extrativa. A......
Vietnã representa 8,4% das exportações de couro brasileiras.07/07/17 Com o apoio do Brazilian Leather, projeto de incentivo às exportações, desenvolvido pelo Centro das Indústrias de Curtumes do Brasil (CICB, Brasília/DF) e Agência Brasileira de Promoção de......

Voltar para Notícias