Postado em 06 de Fevereiro de 2017 às

Cinco semanas de queda de preços desvalorizam carne bovina em 6%

CleanTec do Brasil O ano começou difícil para a indústria frigorífica brasileira. Até agora, o mercado de carne bovina segue sem apresentar alta. São cinco semanas de quedas de preços, mais de 6%...

O ano começou difícil para a indústria frigorífica brasileira. Até agora, o mercado de carne bovina segue sem apresentar alta. São cinco semanas de quedas de preços, mais de 6% de desvalorização acumulada no período. No acumulado dos últimos sete dias o recuo foi de 1,93%, em média.
Os recuos maiores quase sempre vêm da carne de traseiro, produto normalmente mais caro que o dianteiro e, portanto, menos demandado em períodos de renda restrita como o atual. Leia mais...

Veja também

Brasil, único grande exportador ‘imune’, detém atenção em Influenza Aviária.31/08/17 Quando o assunto é Influenza Aviária o Brasil é o primeiro a levantar a mão e falar. Único grande exportador mundial que nunca registrou foco da doença, o País tem uma série de ações que objetivam “imunizar” o território, especialmente quando o assunto é produção. Dada tamanha importância do assunto......
Brasil oferece churrasco “muçulmano” com carnes Halal na Alemanha.10/10/17 Um churrasco feito de cortes de carnes Halal é o oferecimento da Câmara de Comércio Árabe-Brasileira e da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (Abiec, São Paulo/SP) durante a Anuga,......

Voltar para Notícias