Postado em 01 de Junho de 2017 às

Comercialização pecuária segue cautelosa em razão de insegurança nacional.

CleanTec do Brasil De acordo com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, Piracicaba/SP), a comercialização segue lenta no mercado pecuário em razão da cautela dos...

De acordo com informações do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, Piracicaba/SP), a comercialização segue lenta no mercado pecuário em razão da cautela dos agentes em relação aos cenários político e econômico do Brasil. Os dados apontam que os pecuaristas têm optado por vender apenas o necessário, a fim de evitar exercer maior pressão sobre o mercado.
Por sua vez, os frigoríficos que têm participado de maneira mais ativa do mercado também evitam alongar as escalas. O motivo é que a crença de que, com o passar do tempo, os preços do mercado bovino possam ceder ainda mais. Leia mais...

Veja também

Vacina da Boehringer Ingelheim melhora produtividade da suinocultura.22/08/17 Durante o 12º Safe Pork nos dias 21 a 24 de agosto de 2017, em Foz do Iguaçu (PR), a Boehringer Ingelheim (São Paulo/SP) promoverá o “Prevention Works”, um programa global da companhia que atua na prevenção de doenças gerando melhora na produtividade da suinocultura. O programa também oferece soluções novas e sustentáveis,......

Voltar para Notícias