Postado em 17 de Março de 2016 às 08h55

Criadores de Santa Catarina vivem bom momento na pecuária de corte.

CleanTec do Brasil O produtor de carne bovina do Sul vive um bom momento de acordo com avaliação do vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc,...

O produtor de carne bovina do Sul vive um bom momento de acordo com avaliação do vice-presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc, Florianópolis/SC), Antônio Marcos Pagani de Souza. A afirmação é com base no preço que criador catarinense está recebendo: o melhor do mercado interno brasileiro.

O boi gordo comercializado em Santa Catarina está sendo vendido a R$ 5,50 a R$ 5,60 o kg do animal vivo, ou R$ 165,00 a arroba, sendo que no Brasil central o melhor preço é R$ 144,00 a arroba.

Um dos segmentos em expansão é o de novilho precoce (gado com menos de 36 meses de vida) que recebe incentivo fiscal podendo chegar até 3,5% de desconto na incidência do ICMS e, além disso, os frigoríficos pagam aos criadores até 10% de incremento no preço nas raças Angus e Hereford. Leia mais... 

Veja também

MAPA anuncia nova forma de cortes para carne in natura exportada aos EUA.05/07/17 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), por meio de memorando do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), determinou aos frigoríficos os novos cortes para carnes in natura de cortes dianteiros a serem exportadas aos Estados Unidos. De agora em diante, para facilitar as negociações para retomar as vendas......

Voltar para Notícias