Postado em 15 de Setembro de 2016 às 08h17

Demanda interna exige que Brasil importe 400 mil toneladas de pescado.

CleanTec do Brasil Apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendar que cada pessoa ingira 12 quilos de peixe por ano, o consumo brasileiro per capta anual é de apenas nove quilos. Mesmo assim, a...

Apesar de a Organização Mundial da Saúde (OMS) recomendar que cada pessoa ingira 12 quilos de peixe por ano, o consumo brasileiro per capta anual é de apenas nove quilos. Mesmo assim, a produção interna não é suficiente para atender o consumo da população e, atualmente, 400 mil toneladas de peixe são importadas por ano. A produção nacional chega apenas a 1,2 milhões de toneladas por ano, o que não atende a demanda interna.
No entanto, é notável o aumento do consumo do pescado por parte dos brasileiros. Para suprir essa demanda, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) criou há 13 anos, junto com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras, São Paulo/SP), a Semana do Peixe.
O objetivo é incentivar o consumo do produto entre os brasileiros. Para este ano, a campanha tem o mote “Peixe é saboroso, saudável e sustentável”. Segundo a assessora Técnica das Comissões Nacionais de Pesca e de Aquicultura da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA, Brasília/DF), Lilian Figueiredo, a Semana é uma oportunidade para que o produtor consiga conscientizar o consumidor sobre as propriedades do pescado, uma proteína muito versátil, com atrativos como sabor, textura e formas de preparo, que variam em cada região do País. Leia mais...

Veja também

Empresas do agronegócio fazem promoções no evento de vendas Black Friday.25/11/16 A Black Friday, em sua sexta edição no Brasil, acontece sempre na última sexta-feira de novembro e já está no ranking das datas que mais geram vendas no mundo. O evento, que surgiu nos Estados Unidos, ocorre após a quinta-feira de Ação de Graças, principal feriado do país norte-americano. Empresas do agronegócio também farão......
MDIC aposta em Índia e México como novos mercados para aves e suínos10/06/16 Acordos internacionais são sendo negociados pela Secex junto ao ministério A reunião realizada na última terça-feira (07) entre o presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal......

Voltar para Notícias