Postado em 12 de Abril de 2016 às 09h11

Demanda por fertilizantes deve aumentar com queda nos preços internacionais

CleanTec do Brasil A partir de maio o cenário deve ser de retomada da demanda por adubos, com a proximidade da safra de grãos, cujo plantio começa em setembro. É a aposta do analista da Scot Consultoria...

A partir de maio o cenário deve ser de retomada da demanda por adubos, com a proximidade da safra de grãos, cujo plantio começa em setembro. É a aposta do analista da Scot Consultoria (Bebedouro/SP), Rafael Ribeiro. “Por isso muitos produtores já devem ir antecipando as compras”, comenta.
A retomada na demanda tem origem na queda nos preços internacionais dos fertilizantes (reflexo da oferta abundante e da demanda fraca), na recente reação do real ante o dólar e na alta dos preços dos grãos no mercado doméstico. Segundo Ribeiro, do trio básico da adubação, a queda foi mais expressiva entre nitrogenados e potássicos, mas também os fosfatados cederam.

O momento é favorável para a antecipação das compras de adubos pelos produtores do Brasil, já que o insumo ajudará a manter e até reduzir os custos de...Leia mais
 

Veja também

MAPA anuncia nova forma de cortes para carne in natura exportada aos EUA.05/07/17 O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), por meio de memorando do Departamento de Inspeção de Produtos de Origem Animal (Dipoa), determinou aos frigoríficos os novos cortes para carnes in natura de cortes dianteiros a serem exportadas aos Estados Unidos. De agora em diante, para facilitar as negociações para retomar as vendas......
África do Sul poderá importar carne suína in natura brasileira.03/02/16 Integrante da União Aduaneira da África Austral (SACU), com a qual o Brasil firmou acordo de preferências tarifárias fixas em 2008, a África do Sul pode começar a importar carne suína in natura brasileira. O......
Produção de aves e suínos deve diminuir e pressão do milho desacelera.22/09/16 Reduziu a pressão sobre o cenário de abastecimento de milho para as cadeias produtivas de aves e suínos, a partir do início do segundo semestre. Isso é o que afirma o presidente-executivo da Associação......

Voltar para Notícias