Postado em 10 de Agosto de 2016 às

Embriões bovinos in vitro brasileiros podem ser exportados ao Paraguai.

CleanTec do Brasil O Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Animal paraguaio aprovou o Certificado Veterinário Internacional, elaborado pelo Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura,...

O Serviço Nacional de Qualidade e Saúde Animal paraguaio aprovou o Certificado Veterinário Internacional, elaborado pelo Departamento de Saúde Animal (DSA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF). A partir de agora, o Brasil poderá vender embriões bovinos in vitro para o Paraguai. Esse tipo de produto já é exportado para Botswana, Costa Rica, Etiópia e Moçambique.
Segundo a diretora substituta do DSA, Valéria Burmeister, a decisão é o reconhecimento do trabalho do ministério em garantir os requisitos sanitários exigidos para produção nacional e pelos países importadores. “Também representa um selo de qualidade dos centros brasileiros de produção de embriões bovinos”, diz. Leia mais... 

Veja também

Maior produtor de ovos da América do Sul conquista selo de bem-estar animal.11/09/17 O selo Certified Humane, da Humane Farm Animal Care (HFAC), reconhece produções que criam animais conforme padrões de bem-estar, como dieta nutritiva sem antibióticos ou subprodutos de origem animal, abrigo apropriado, áreas de descanso e espaço suficiente para expressar o seu comportamento natural, como bater as asas e tomar banhos de areia, por exemplo. O maior produtor......
Preço dos ovos bate recorde.16/02/16 Segundo dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea, Piracicaba/SP), os preços dos ovos tipo extra brancos e vermelhos são os maiores já registrados, em termos nominais, em praticamente todas as regiões......
Animais de 22 Estados e do DF começam a ser vacinados contra aftosa.03/11/16 A segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa teve início nesta terça-feira (01/11). Produtores de 22 Estados e do DF devem vacinar bovinos e bubalinos contra a febre aftosa até o final deste......

Voltar para Notícias