Postado em 18 de Julho de 2017 às

Exportação de carne aos EUA pode ser autorizada em até 60 dias.

CleanTec do Brasil O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), Blairo Maggi, encontrou-se com o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, em Washington (EUA) na última...

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), Blairo Maggi, encontrou-se com o secretário de Agricultura dos Estados Unidos, Sonny Perdue, em Washington (EUA) na última segunda-feira (17). De acordo com o ministro brasileiro, é possível que a reabertura do mercado norte-americano á carne bovina in natura brasileira ocorra em 30 ou 60 dias.
São aguardadas posições técnicas por parte do país norte-americano e Maggi considera, ainda assim, difícil fornecer um prazo. “É preciso aguardar as análises das informações que eles estão recebendo”, assinala, acrescentando que o diálogo com o secretário do governo estadunidense foi muito claro e aberto: “Já o havia recebido no Brasil quando era governador, e isso facilitou nossa conversa”. Leia mais...

Veja também

Produtor reduz custos com ração em 30% ao produzir silagem com feijão.15/06/17 Uma pesquisa publicada pela Embrapa Cerrados (Brasília/DF) revela que a colheita do feijão guandu pode render até 15 toneladas por hectare em matéria seca ou duas toneladas/hectare no caso de grãos. A sua utilização em confinamento de bovinos de corte foi uma das recomendações realizadas pela equipe técnica do programa Mais Inovação......
Seminário foca nos desafios e ferramentas para ampliar competitividade.20/12/16 Com foco em discutir as mudanças em curso na atividade suinícola, o impacto dessas transformações no ambiente de produção e, sobretudo, apresentar ações e ferramentas tecnológicas capazes de......

Voltar para Notícias