Postado em 06 de Outubro de 2017 às

Exportação de carnes à Singapura deve aumentar em US$ 100 milhões/ano.

CleanTec do Brasil Após o serviço veterinário de Singapura (Agri-Food & Veterinary Authority of Singapore – AVA) comunicar ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA,...

Após o serviço veterinário de Singapura (Agri-Food & Veterinary Authority of Singapore – AVA) comunicar ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) sobre a abertura daquele mercado às carnes brasileiras, as expectativas de negócios estão altas.
A perspectiva é de que as vendas de carnes para o país asiático aumentem em mais de US$ 100 milhões por ano (US$ 89 milhões apenas de cortes bovinos). O Brasil foi autorizado a exportar para Singapura carne bovina e suína com osso, além de miúdos.
Até agora, o país asiático comprava carne apenas de Santa Catarina, que tem o status de área livre de febre aftosa sem vacinação reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). Leia mais...

Veja também

Aquicultura cresce 5% ao ano e deve superar pesca extrativa em 2019.31/05/17 A Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO, na sigla em inglês) anunciou que, em 2019, a produção nas fazendas de aquicultura no Brasil deve superar a pesca extrativa. A projeção aponta que a criação de pescados em cativeiro cresce de 4% a 5% ao ano. De acordo com a FAO, a demanda por peixes nos......
EUA pede abertura de mercado para exportar carne suína ao Brasil.19/07/17 Brasília/DF), Blairo Maggi, tratou da retomada dos embarques da carne bovina in natura brasileira aos EUA, o secretário de Agricultura daquele país, Sonny Perdue, pediu que Brasília abra o mercado para a carne suína dos......

Voltar para Notícias