Postado em 04 de Julho de 2016 às 08h49

Inseminação artificial: uma realidade brasileira.

CleanTec do Brasil É cristalino o avanço do Brasil em tecnologias para a produção de suínos, e este mesmo progresso é visualizado dentro da utilização da Inseminação...

É cristalino o avanço do Brasil em tecnologias para a produção de suínos, e este mesmo progresso é visualizado dentro da utilização da Inseminação Artificial (IA). Nas palavras do professor de Produção Animal do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC), campus São Miguel do Oeste (SC), Diogo Magnabosco, essa é uma realidade consolidada no País. Parte do crédito desta atual conjuntura deve ser dada ao corpo técnico envolvido com a suinocultura nacional, incluindo os centros de pesquisa, as empresas e os produtores.
Mas para chegar a esse cenário, foi preciso percorrer um longo caminho para a solidificação da técnica no rebanho nacional. Diogo conta que a IA foi introduzida no Brasil nos anos 70, a partir do desenvolvimento do primeiro núcleo de produção de doses inseminantes no município de Estrela (RS), e a partir disso, foi gradativamente substituindo o uso da monta natural nas granjas produtoras de leitões. leia mais...

Veja também

Queda do dólar 'espreme' frigoríficos exportadores.13/02/17 A depreciação do dólar perante o real segue dificultando o desempenho dos frigoríficos exportadores neste início de 2017. Entre as principais proteínas exportadas pelo Brasil, somente a carne de frango conseguiu compensar, com preços mais altos em dólar, a valorização da moeda brasileira. Nos casos das carnes bovina e suína, ou o aumento......
Secretaria inspeciona primeiro frigorífico paulista de jacarés.09/01/17 Médicos veterinários da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que atuam na Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), realizaram a inspeção final nas instalações do......
Crescimento da agroindústria impulsiona alta de 0,36% no PIB do agro.21/08/17 O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), anunciou alta de 0,36% no Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio......

Voltar para Notícias