Postado em 09 de Dezembro de 2015 às 09h46

Maranhão quer investir em comércio de animais vivos

CleanTec do Brasil Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de...

Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de carga, mas, além de Rio Grande ter novamente registrado o escoamento de animais, o Maranhão também passou a cobiçá-lo. (Fonte)
 

Veja também

Carne bovina enfrenta sétima semana consecutiva de recuo nos preços.31/07/17 Apesar dos esforços da cadeia, até agora, o ano não apresentou sinais de melhora quanto à demanda por carne bovina. Em média, no atacado, os cortes da carne sem osso estão sendo vendidos em valores 0,5% menores que em igual período do ano passado. Ao todo são sete semanas seguidas de recuo nos preços. Na média de todos os cortes pesquisados pela......
IV Workshop Sindiavipar discute estratégias para fortalecer setor08/06/16 Edição do evento está com inscrições abertas para palestras e exposições; Promovido pelo Sindicato das Indústrias e Produtos Avícolas do Estado do Paraná (Sindiavipar, Curitiba/PR), que......
Queda do dólar 'espreme' frigoríficos exportadores.13/02/17 A depreciação do dólar perante o real segue dificultando o desempenho dos frigoríficos exportadores neste início de 2017. Entre as principais proteínas exportadas pelo Brasil, somente a carne de frango conseguiu......

Voltar para Notícias