Postado em 09 de Dezembro de 2015 às 09h46

Maranhão quer investir em comércio de animais vivos

CleanTec do Brasil Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de...

Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de carga, mas, além de Rio Grande ter novamente registrado o escoamento de animais, o Maranhão também passou a cobiçá-lo. (Fonte)
 

Veja também

Vendas em frigoríficos são prejudicadas com queda no consumo de carne.11/08/16 Ainda que tenham atingido o menor patamar em agosto e devam se recuperar ao longo dos próximos meses, não há grandes chances de os preços da arroba "explodirem". É o que afirma o coordenador de pecuária da Agroconsult (Florianópolis/SC), Maurício Nogueira. Segundo ele, o consumo de carne bovina no País está tão fraco que tende a......
Ação expande negócios de aves e suínos para a China 02/05/16 Entre os dias 5 e 7 de maior, em Sanghai na China, a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos......
Comitê Especial Agrícola Permanente Brasil - França é criado em missão.05/06/17 Em encontro entre o secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), Eumar Novacki, e o diretor-geral de Desempenho Econômico e Ambiental de Empresas (DGPE), Hervê Duran,......

Voltar para Notícias