Postado em 10 de Junho de 2016 às 15h40

MDIC aposta em Índia e México como novos mercados para aves e suínos

CleanTec do Brasil Acordos internacionais são sendo negociados pela Secex junto ao ministério A reunião realizada na última terça-feira (07) entre o presidente-executivo da Associação...

Acordos internacionais são sendo negociados pela Secex junto ao ministério

A reunião realizada na última terça-feira (07) entre o presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo/SP), Francisco Turra, o secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC, Brasília/DF), Daniel Godinho, o presidente da Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec, São Paulo/SP), Antônio Camardelli, os vice-presidentes de mercado da ABPA, Ricardo Santin, e técnico, Rui Eduardo Saldanha Vargas, além de representantes das agroindústrias produtoras e exportadoras de carne de frangos e de suínos, divulgou resultados promissores.
Sobre acordos internacionais, Godinho destacou os avanços alcançados pelo governo nas negociações entre o Brasil e a União Europeia. O secretário também detalhou as ações do MDIC pela viabilização de outros mercados de interesse do setor de proteína animal, como por exemplo a Índia e o México. Leia mais...

Veja também

Argentina abre mercado para volta das importações de carne brasileira.26/09/17 Após cinco anos de negociações entre as autoridades sanitárias dos dois países, o mercado argentino foi reaberto à carne bovina in natura brasileira, conforme anunciado primeiramente por Blairo Maggi nas redes sociais. “Mais do que o tamanho do mercado importador argentino, o ativo fundamental dessa reabertura é a sinalização dada a terceiros......

Voltar para Notícias