Postado em 23 de Dezembro de 2015 às 08h59

Mudanças climáticas poderão ocasionar perdas na avicultura.

CleanTec do Brasil Dentro da avicultura, animais adultos são sensíveis a altas temperaturas e podem apresentar mortalidade acima de 38ºC de temperatura ambiente. Motivo mais do que suficiente para que os criadores fiquem...

Dentro da avicultura, animais adultos são sensíveis a altas temperaturas e podem apresentar mortalidade acima de 38ºC de temperatura ambiente. Motivo mais do que suficiente para que os criadores fiquem atentos, já que a próxima estação climática promete altas temperaturas ainda neste mês.

O estresse por calor é responsável por grandes perdas no rendimento de frangos, provocando diminuição do peso corporal e aumento de mortalidade. Como essas aves têm seu máximo desenvolvimento entre 18 e 20°C, apresentando temperatura média da superfície da pele ao redor de 33ºC e temperatura interna de 41ºC, cientistas pesquisam soluções como aclimatação, melhoramento genético e tecnologias relacionadas à infraestrutura das granjas para prevenir problemas nas criações devido às mudanças... leia mais..

Veja também

Aumento nas compras chinesas de carnes impulsiona setor catarinense.25/09/17 O diretor Executivo da Associação Catarinense de Avicultura (ACAV) e do Sindicato das Indústrias da Carne e Derivados (Sindicarne), Ricardo de Gouvêa, acredita que Santa Catarina está colhendo os frutos de décadas de investimentos em genética, em sanidade e em aperfeiçoamento do parque agroindustrial de processamento de carnes. Sua opinião é......

Voltar para Notícias