Postado em 23 de Dezembro de 2015 às 08h59

Mudanças climáticas poderão ocasionar perdas na avicultura.

CleanTec do Brasil Dentro da avicultura, animais adultos são sensíveis a altas temperaturas e podem apresentar mortalidade acima de 38ºC de temperatura ambiente. Motivo mais do que suficiente para que os criadores fiquem...

Dentro da avicultura, animais adultos são sensíveis a altas temperaturas e podem apresentar mortalidade acima de 38ºC de temperatura ambiente. Motivo mais do que suficiente para que os criadores fiquem atentos, já que a próxima estação climática promete altas temperaturas ainda neste mês.

O estresse por calor é responsável por grandes perdas no rendimento de frangos, provocando diminuição do peso corporal e aumento de mortalidade. Como essas aves têm seu máximo desenvolvimento entre 18 e 20°C, apresentando temperatura média da superfície da pele ao redor de 33ºC e temperatura interna de 41ºC, cientistas pesquisam soluções como aclimatação, melhoramento genético e tecnologias relacionadas à infraestrutura das granjas para prevenir problemas nas criações devido às mudanças... leia mais..

Veja também

Brasil e Japão , assinam acordo de cooperação.07/03/16 Brasil e Japão assinaram na última segunda-feira (29/02) um acordo de cooperação que permitirá investimentos na região de Matopiba, a fronteira agrícola brasileira situada nos Estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A assinatura foi feita durante o “Diálogo Brasil-Japão – Intercâmbio Econômico e Comercial em......
Custos de produção de suínos sobem pela primeira vez desde junho/2016.22/09/17 A Central de Inteligência de Aves e Suínos da Embrapa (CIAS) apontou que, em agosto, os custos mensais de produção de suínos subiram pela primeira vez desde junho de 2016. O ICPSuíno/Embrapa fechou o mês em......
Frango e cerveja devem ser os campeões das mesas de Natal04/12/15 No final de 2014, a economia emitia os primeiros sinais de crise. Hoje, o país atravessa uma forte crise econômica e política, com empresas fechando, desemprego subindo e bolsos vazios. “Mas é Natal. Tempo de esperança,......

Voltar para Notícias