Postado em 14 de Fevereiro de 2017 às 13h42

Nova vacina contra febre aftosa é desenvolvida para casos de emergência.

CleanTec do Brasil Para manter a condição do Brasil de zona livre da febre aftosa, o Instituto Biológico (IB, São Paulo/SP) iniciou o desenvolvimento de uma vacina para uso emergencial no futuro. O objetivo é...

Para manter a condição do Brasil de zona livre da febre aftosa, o Instituto Biológico (IB, São Paulo/SP) iniciou o desenvolvimento de uma vacina para uso emergencial no futuro. O objetivo é que o produto permita resposta imunológica rápida com objetivo de conter focos em caso de reintrodução do vírus em áreas livres sem vacinação.
De acordo com a pesquisadora do IB, Edviges Maristela Pituco, a meta é ter a vacina em dez anos. “O mecanismo de ação dela é diferente da vacina usada atualmente, pois será aplicada apenas quando houver focos da doença, por isso, precisa de uma ação muito mais rápida para contenção de focos em casos de emergência sanitária”, explica. Leia mais...

Veja também

Empresa de genética cria porcos resistentes à doença da orelha azul.11/12/15 A empresa de genética animal Genus, da Inglaterra, criou os primeiros porcos do mundo com resistência ao vírus da Síndrome Reprodutiva e Respiratória dos Suínos (PRRSv, em inglês), também conhecido como a “Doença da Orelha Azul”. A companhia trabalhou juntamente com a Universidade do Missouri, dos Estados Unidos, para desenvolver porcos......
Agropecuária deve manter crescimento positivo em 2016.11/01/16 Embora com menor crescimento em relação a 2015, o setor agropecuário deve caminhar no sentido contrário ao da economia brasileira em 2016. Segundo o presidente do Sistema Faeg (Goiânia/GO)/Senar (Brasília/DF)......

Voltar para Notícias