Postado em 27 de Julho de 2017 às

Novas regras para abate kosher exigem adaptação de frigoríficos brasileiros.

CleanTec do Brasil Israel divulgou novas exigências para que o Brasil exporte carne kosher – e os frigoríficos vão ter de se adaptar. O segmento movimentou US$ 70 milhões em 2016 e tem potencial para, no...

Israel divulgou novas exigências para que o Brasil exporte carne kosher – e os frigoríficos vão ter de se adaptar. O segmento movimentou US$ 70 milhões em 2016 e tem potencial para, no mínimo, dobrar em curto espaço de tempo.
Para isso, as plantas precisam incorporar novos equipamentos e cumprir determinados processos solicitados pelo país importador. Entre as exigências da normativa está a utilização de box rotativo para abate, processo que proporciona benefícios em termos de bem-estar animal, segundo as leis judaicas. Leia mais...

Veja também

Secretaria inspeciona primeiro frigorífico paulista de jacarés.09/01/17 Médicos veterinários da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, que atuam na Coordenadoria de Defesa Agropecuária (CDA), realizaram a inspeção final nas instalações do Abatedouro de Pescado Aruman Ltda, no município de Porto Feliz, para a emissão do laudo de vistoria do estabelecimento que será o primeiro......
Maranhão quer investir em comércio de animais vivos09/12/15 Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de carga, mas, além de Rio Grande......
Programa de democratização genética vende 30% mais touros em 2016.29/12/16 O Pró-Genética, programa de democratização de genética da Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ, Uberaba/MG), bateu recorde em 2016 quanto ao número de animais vendidos: foram 2762 touros POs......

Voltar para Notícias