Postado em 16 de Setembro de 2016 às 09h22

Pecuarista é colocado à prova em 2016.

CleanTec do Brasil Figurando entre um dos anos mais difíceis para o pecuarista brasileiro, o ano de 2016 foi marcado pela alta dos preços dos insumos e pela situação econômica dificultada. A falta de chuvas na...

Figurando entre um dos anos mais difíceis para o pecuarista brasileiro, o ano de 2016 foi marcado pela alta dos preços dos insumos e pela situação econômica dificultada. A falta de chuvas na maior parte das regiões, com a consequente piora na qualidade das pastagens, e as incertezas quanto ao mercado do boi gordo também foram fatores importantes, que resultaram em baixa liquidez no mercado de reposição nos primeiros meses do ano.Segundo a Scot Consultoria (Bebedouro/SP), após as valorizações da reposição observadas principalmente no final de 2015, a retração da demanda ocasionou em queda nas cotações no decorrer do ano.

Veja também

Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite discute desafios da cadeia.04/10/17 de novembro o VII Simpósio Brasil Sul de Bovinocultura de Leite (SBSBL). O evento tem como proposta apresentar temas relevantes para esta que é uma das cadeias produtivas que mais tem crescido nos últimos tempos. Organizado pelo Núcleo Oeste de Médicos Veterinários e Zootecnista (Nucleovet, Chapecó/SC), o SBSBL é voltado para profissionais técnicos......
Brasil e Japão , assinam acordo de cooperação.07/03/16 Brasil e Japão assinaram na última segunda-feira (29/02) um acordo de cooperação que permitirá investimentos na região de Matopiba, a fronteira agrícola brasileira situada nos Estados do Maranhão,......
Chile supera marca de US$ 1 bilhão nas vendas de alimentos para o Brasil.03/05/17 Representado por uma delegação de 15 empresas do setor alimentício na APAS Show - que acontece entre os dias 2 e 5 de maio, no Expo Center Norte, em São Paulo - o Chile ainda contará com a ilustre presença do......

Voltar para Notícias