Postado em 22 de Agosto de 2016 às 08h58

Primeiro semestre aponta boa presença brasileira no mercado de carne da UE.

CleanTec do Brasil Apesar de estar perdendo, aos poucos, participação no volume importado pela União Europeia, o Brasil ainda mantém boa distância da Tailândia, a segunda colocada. Os dados do primeiro...

Apesar de estar perdendo, aos poucos, participação no volume importado pela União Europeia, o Brasil ainda mantém boa distância da Tailândia, a segunda colocada. Os dados do primeiro semestre do bloco apontam que o País continua com boa presença na Europa quando se trata de carnes.
O Brasil é a principal fonte de compras dos europeus nas carnes de frango e bovina. No primeiro caso, os países do bloco europeu importaram 269 mil toneladas do Brasil, 7% mais do que de janeiro a junho do ano passado. O volume de carne de frango exportado pelo Brasil manteve participação de 56% das 480 mil toneladas importadas pelo bloco.
Além de o Brasil manter boa participação no mercado europeu, avançou também na China, um dos principais mercados para a carne de frango, segundo a comissão europeia de agricultura. As compras da China e de Hong Kong somaram 1,3 milhão de toneladas no ano passado. A seguir vieram Japão (948 mil) e México (839) mil. Leia mais...

Veja também

Balança comercial fecha 2016 com superávit recorde03/01/17 A balança comercial brasileira fechou 2016 com superávit de US$ 47,7 bilhões, cifra anual recorde. Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) nesta segunda-feira (02), as exportações somaram US$ 185,2 bilhões no ano, enquanto as importações alcançaram US$ 137,5......

Voltar para Notícias