Postado em 22 de Setembro de 2016 às 09h43

Produção de aves e suínos deve diminuir e pressão do milho desacelera.

CleanTec do Brasil Reduziu a pressão sobre o cenário de abastecimento de milho para as cadeias produtivas de aves e suínos, a partir do início do segundo semestre. Isso é o que afirma o presidente-executivo da...

Reduziu a pressão sobre o cenário de abastecimento de milho para as cadeias produtivas de aves e suínos, a partir do início do segundo semestre. Isso é o que afirma o presidente-executivo da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA, São Paulo), Francisco Turra, após a desaceleração da produção das duas cadeias, detectada com base em acompanhamento realizado junto às agroindústrias do setor.
Segundo Turra, há expectativa de que a demanda por milho seja reduzida em mais de 1 milhão de toneladas no total de 2016, frente às previsões de retração da produção no segundo semestre já constatadas pela ABPA em julho.
Na ponta da proteína, neste ano, a produção de carne de frango em 2016 deverá ficar em 13 milhões de toneladas (4% menor que as 13,5 milhões de toneladas previstas no início deste ano) e a de carne suína, em 3,64 milhões de toneladas (inferior à previsão de 3,76 milhões apresentadas em janeiro). Esta perspectiva parte das estratégias adotadas por diversas empresas para diminuir o ritmo da produção, como a suspensão de turnos de trabalho, encerramento de atividades de plantas e outras decisões no âmbito produtivo. Leia mais...

Veja também

Demanda por carne halal brasileira, deve aumentar nos próximos meses com abertura de mercados.05/01/16 A demanda por carne halal brasileira deverá aumentar nos próximos meses, após a reabertura do mercado da Arábia Saudita e durante o período que antecede o Ramadã, segundo Nasser Khazraji, representante da Alimentos Halal Brasil, divisão do Centro Islâmico no Brasil voltada para a área de qualidade de produtos halal. A Arábia Saudita anunciou a......
Quase 100% dos produtores rurais usam tecnologia para fazer negócios.05/05/17 A 7ª Pesquisa de Hábitos do Produtor Rural, realizada pela Associação Brasileira de Marketing Rural & Agronegócio (Abmra, São Paulo/SP), aponta que quase a totalidade dos agricultores e criadores de animais tem......
Crescimento da agroindústria impulsiona alta de 0,36% no PIB do agro.21/08/17 O Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea), da Esalq/USP, em parceria com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), anunciou alta de 0,36% no Produto Interno Bruto (PIB) do agronegócio......

Voltar para Notícias