Postado em 12 de Janeiro de 2016 às 08h16

Publicação divulga soluções para riscos na coleta de carcaças de suínos.

CleanTec do Brasil Coordenada pela Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA, Brasília/DF), a publicação “Mitigando Riscos na Coleta de Carcaças de Suínos” é um estudo...

Coordenada pela Associação Brasileira de Reciclagem Animal (ABRA, Brasília/DF), a publicação “Mitigando Riscos na Coleta de Carcaças de Suínos” é um estudo completo realizado pela Dra. Masaio Mizuno Ishzuka. O trabalho conta com o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF), da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil, Brasília/DF) e das empresas Eurotec Nutrition (Palhoça/SC) e Haarslev (Curitiba/PR).

Identificada como uma das dificuldades da suinocultura, a destinação de cadáveres de suínos que morreram nas granjas gera a busca de alternativas de destinos que sejam externos à área de produção, que possam minimizar o trabalho interno e ainda agregar valor.

A publicação apresenta a visão de universidades de diversos países sobre o tema, o impacto ambiental dos diferentes processos de disposição de carcaças, a realidade brasileira, a realidade mundial e as medidas mitigadoras de risco na estocagem, transporte e processamento dessas carcaças. leia mais...

Veja também

Soja e milho somam 164,7 milhões de toneladas na safra 2015/16.11/07/16 A Secretaria de Política Agrícola (SPA) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA, Brasília/DF) divulgou os dados do 10º levantamento da safra de grãos, realizado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab, Brasília/DF). Segundo a avaliação federal, as condições climáticas nas principais regiões......
Ambiência e desempenho de suínos é tema de palestra no SBSS.29/07/16 De 09 a 10 de agosto, a cidade de Chapecó (SC) recebe o IX Simpósio Brasil Sul Suinocultura e a VIII Brasil Sul Pig Fair, no Centro de Eventos Plínio Arlindo de Nês. O evento técnico abordará os principais desafios da......
Maranhão quer investir em comércio de animais vivos09/12/15 Os embarques de bois vivos por Vila do Conde, em Barcarena, no Pará, podem estar com os dias de "quase exclusividade" contados. O porto responde por 98% das operações nacionais desse tipo de carga, mas, além de Rio Grande......

Voltar para Notícias