Postado em 06 de Junho de 2017 às

Sul e Sudeste evidenciam novas tecnologias em busca de maior eficiência.

CleanTec do Brasil O Rally da Pecuária 2017, com o apoio da Phibro Saúde Animal (Guarulhos/SP), realizou visitas a pecuaristas do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. O resultado constatado foi que...

O Rally da Pecuária 2017, com o apoio da Phibro Saúde Animal (Guarulhos/SP), realizou visitas a pecuaristas do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Minas Gerais. O resultado constatado foi que estes investem em novas tecnologias para aumentar a produtividade dos seus rebanhos.
A observação é do coordenador de Território da Phibro, Igor Sokoloski, que acompanha o Rally. “Visitamos dezenas de fazendas para coleta de dados e pudemos conhecer a realidade de cada região e suas peculiaridades. Essa experiência é muito válida para compreender melhor as exigências de cada produtor, de acordo com sua realidade. Essas visitas a campo nos aproximam dos pecuaristas interessados em buscar novas soluções e tecnologias disponíveis para o aumento dos resultados econômicos do seu negócio”, explica Sokoloski. Leia mais...

Veja também

Programa criado no Brasil é tema de artigo em publicação internacional.23/05/17 Considerada uma das mais conceituadas editoras científicas do mundo de acordo com a Embrapa (Brasília/DF), a Elsevier publicou em sua revista Journal of Environmental Management o artigo denominado “A fuzzy logic-based tool to assess beef cattle ranching sustainability in complex environmental systems” (Uma ferramenta baseada em lógica difusa para avaliar a sustentabilidade de......
Produtor reduz custos com ração em 30% ao produzir silagem com feijão.15/06/17 Uma pesquisa publicada pela Embrapa Cerrados (Brasília/DF) revela que a colheita do feijão guandu pode render até 15 toneladas por hectare em matéria seca ou duas toneladas/hectare no caso de grãos. A sua......
Ministério prevê Valor Bruto da Produção em R$ 545 bilhões para 2017.16/01/17 O ano de 2016 encerrou com Valor Bruto da Produção (VBP) de R$ 527,9 bilhões, 1,8% abaixo do valor de 2015, que foi de R$ 537,5 bilhões. As lavouras tiveram redução no valor de -1% e a pecuária, de -3,2%. Nas......

Voltar para Notícias