Postado em 11 de Agosto de 2016 às

Vendas em frigoríficos são prejudicadas com queda no consumo de carne.

CleanTec do Brasil Ainda que tenham atingido o menor patamar em agosto e devam se recuperar ao longo dos próximos meses, não há grandes chances de os preços da arroba "explodirem". É o que afirma o...

Ainda que tenham atingido o menor patamar em agosto e devam se recuperar ao longo dos próximos meses, não há grandes chances de os preços da arroba "explodirem". É o que afirma o coordenador de pecuária da Agroconsult (Florianópolis/SC), Maurício Nogueira. Segundo ele, o consumo de carne bovina no País está tão fraco que tende a impedir movimentos consistentes de alta da arroba do boi.
Pela primeira vez em 15 anos, o consumo per capita da carne bovina no Brasil está abaixo de 30 quilos por ano. O quadro afeta o preço da carne bovina, já que o preço médio da carne bovina (em equivalente carcaça) no atacado ficou, em média, em R$ 142,15 por arroba em julho, praticamente os mesmos R$ 142,30 por arroba de igual mês do ano passado. Apesar da queda em termos reais, o preço do boi gordo subiu 9,3% na mesma comparação. Com isso, a margem da indústria que atua no mercado doméstico fica mais pressionada. "Os frigoríficos pequenos são os que mais sofrem o baque e especialmente os de São Paulo", avalia o coordenador de pecuária da Agroconsult, Maurício Nogueira. Leia mais...

Veja também

Maior oferta de milho deve baixar preços no segundo semestre.25/08/16 O relatório do Itaú BBA (São Paulo/SP) aponta que uma maior oferta de milho na nova safra 2016/17, decorrente do aumento da área plantada no Brasil, deve fazer com que os preços do grão caiam. Um aumento de área de 10% do milho, que já é apontado por algumas consultorias, combinado com uma produtividade normal pode fazer com que a segunda safra......
Suiaves acredita no potencial da aquacultura e espera mudanças em 2018.05/10/17 Um ano de mudanças: é assim que o sócio-diretor da Suiaves (Piracicaba/SP) e da Ammco Pharma (Piracicaba/SP), Luiz Eduardo Conte, define 2017. Foram tantos acontecimentos, naturais do mercado ou não, que a empresa precisou suprir......

Voltar para Notícias